A Música na Cultura Nordestina!

A Música na Cultura Nordestina!
Como nesse mês nós celebramos a Semana da Cultura Nordestina, hoje o blog da Momento vai falar sobre a Música Nordestina e suas influências. 

Fala-se muito sobre as belezas naturais do Nordeste - que são de tirar o fôlego -, mas essa região, que é a terceira maior do Brasil, tem uma cultura igualmente impressionante. Seus nove estados são muito ricos em sabores, histórias e música, essa paixão que nós temos em comum. 

A região nordestina foi a primeira a ser “descoberta” pelos portugueses e, por isso, era nela que ancoravam os navios vindos do mundo todo - entre eles, os navios negreiros que traziam africanos escravizados. E, antes de qualquer outro povo, os indígenas nativos já estavam por aqui. 

Nessa junção de povos, extremamente marcados pelas relações escravistas, foi se formando uma matriz musical: os instrumentos, a harmonia, cantos, danças, ritmos e cadências. Os batuques dos africanos em seus tambores, atabaques, marimbas e palmas; as danças dos índios com suas flautas, apitos e cantos; a música erudita dos europeus, com seus hinos, influências da religião cristã e suas fanfarras militares. 

Conforme se espalharam pela região, a música foi se misturando e virando algo novo, ora através do lamento de saudade e tristeza dos escravizados, ora através das cantorias dos vaqueiros em um ambiente rústico. 

O Côco, por exemplo, nasceu no Pernambuco. É uma dança de roda executada em pares, em fileiras ou círculos, e acompanhada de muita cantoria. Veio da influência indígena e africana. 

O Xaxado veio das regiões do agreste e do sertão. É uma dança de guerra e de entretenimento criada pelos cangaceiros em celebração às suas vitórias. O nome vem do barulho das sandálias dos cangaceiros batendo na areia do sertão. 

O Frevo surgiu na cidade de Recife no século XIX e é resultado da mistura de marcha, maxixe e elementos da capoeira. Esse ritmo extremamente acelerado é muito executado no carnaval da região. Era comum haver conflitos entre blocos de frevo, então os capoeiristas saíam à frente de seus blocos intimidando os rivais.

E não pode faltar o Forró, que na verdade é o nome de uma festa onde se reúnem vários ritmos, como o baião, a quadrilha, o xaxado e o xote (que veio de Portugal). A consagração da cultura do Forró pelo Brasil veio através de Luís Gonzaga, que celebrava a região em suas composições. 

E você, também gosta de música nordestina? Eu fiquei até com vontade de tocar e dançar um baião!
Ago | 18, 2020
Posts recentes
Você tem o sonho de cantar ou tocar um instrumento? Com a Escola de Música Momento Musical você pode! Aqui você conta com toda a estrutura necessária para aprender com professores experientes e capacitados.


Violão, viola caipira, violino, guitarra, baixo, piano, teclado, ukulele, acordeom, canto e muito mais do universo da música em Piracicaba estão à disposição de alunos de todas as idades.


Nosso aluno, Alexandre Bragalha, em seu estudo de bateria com o Prof. Rogério Dias:
Meu nome é Fernanda, sou mãe do Enrico, de 3 anos, e da Mariana, de 6, e vou contar para vocês como a música entrou em nossas vidas e como ela tem sido importante para o bem estar da minha família. 


Começo pela história do Enrico 

Com 1 ano e 7 meses, percebi que ele não falava quase nenhuma palavrinha e resolvi pesquisar melhor o porquê, levando-o em um otorrinolaringologista especializado, que recomendou alguns exames específicos como o BERA. Foi dessa forma que descobrimos uma perda de audição de quase 50% devido à secreção acumulada na tuba auditiva. 


Após análise dos exames, fui informada de que o tratamento seria cirúrgico, com a inserção de um dreno, e que isso resolveria o problema. Porém, após a cirurgia e já fazendo sessões de fonoterapia, percebi que a evolução da fala estava caminhando devagar. 


Estudando possibilidades de acelerar esse processo de recuperação da audição e do desenvolvimento da fala do Enrico, juntamente com a fonoaudióloga e com o otorrinolaringologista, decidimos que a música seria a atividade ideal para estimular a parte sensorial, principalmente a auditiva, desde que as atividades fossem direcionadas para o desenvolvimento infantil, com estimulo da fala, repetição e discriminação de sons e diversas outras ações musicais cientificamente comprovadas que proporcionam o desenvolvimento motor, social e aceleração do aprendizado. 


Como a Momento Musical entrou em nossa história

Decidido que a música era a atividade ideal, faltava escolher qual seria a escola que poderia proporcionar a estrutura física e pedagógica necessária para nosso objetivo, ensinando de forma lúdica e divertida, com ambiente familiar e um planejamento de atividades voltado não somente para tocar e cantar, mas para trabalhar integralmente o desenvolvimento da criança. 


Foi assim que, aos 2 anos e meio, matriculamos o Enrico na Momento Musical, escola que escolhi a dedo para me ajudar nessa caminhada. Encontramos um lugar que nos acolheu, entendeu nossa necessidade e, desde então, tem me ajudado com aulas que são ministradas por professores capacitados e treinados com cursos específicos de musicalização infantil e iniciação musical. 


Já faz 1 ano que o Enrico está na Momento Musical e, a cada evolução, cada musiquinha nova que ele canta, meu coração transborda de gratidão. Durante esse período, o ouvido dele voltou a acumular secreção e uma nova cirurgia foi necessária. Sei que ainda temos uma longa caminhada pela frente, mas sei também que estou fazendo o melhor por ele e que tenho um time completo de excelentes profissionais para caminhar conosco. 


A Mariana também se apaixonou pela música

Recentemente, nossa família se tornou ainda mais musical. A Mariana, vendo a alegria do irmão ao ir para as aulas na Momento Musical, demonstrou interesse em cantar e me pediu para matriculá-la.


O curso escolhido foi Canto e Técnica Vocal - e tenho visto muitos benefícios. A Mari tem se tornado uma criança mais desinibida e até participou do Recital Momentus, organizado pela Momento Musical, deixando a timidez de lado e dando um show! 


Aqui em casa, dia de Momento Musical é dia de alegria. Vamos juntos no carro cantando e eternizando momentos que ficarão pra sempre em nossos corações.


Se você quer viver momentos incríveis e ver seus filhos se desenvolvendo ainda mais, vem pra Momento Musical também! 
Não dá para fugir do estudo da Teoria Musical. Tocar um instrumento, aprender uma música nova, tudo isso é muito divertido e estimulante, mas é a teoria que vai te fazer compreender o fundamento do que está fazendo e te tornar ainda melhor nisso. 

POR QUE PRECISO ESTUDAR TEORIA? 
A música tem seus conceitos fundamentais, aprender sobre eles é como aprender uma nova língua e poder conversar com outros cidadãos desse “país” diferente. A conceitualização de harmonia, melodia e ritmo, por exemplo, tornam o ensino e o aprendizado de música mais fáceis, assim como a comunicação entre os músicos. 


Além disso, conhecer os nomes das notas, a formação dos acordes, as regras das diferentes escalas maiores e menores, tudo isso nos ajuda a entender como uma música é criada e a explorar novas possibilidades. Tocar ou cantar sem compreender essa estrutura nos faz apenas repetir o que ouvimos e não aprender de verdade. 

CONCLUSÃO 
Aprender teoria pode não ser tão divertido quanto colocar tudo em prática numa música incrível, mas é indispensável para que você seja um músico melhor e possa se comunicar mais facilmente com outras pessoas da área. 


Lembre-se de que é o estudo da teoria que vai ter permitir alcançar coisas incríveis com o instrumento ou a voz. 
Siga-nos
Entre em contato
Avenida Torquato da Silva Leitão, 413 – São Dimas – Piracicaba – SP
(19) 3371-0458
(19) 3301-2499
(19) 3371-0458
(19) 3301-2499
Avenida Torquato da Silva Leitão, 413 – São Dimas – Piracicaba – SP
FacebookInstagram
© 2019 - Momento Musical Escola de Música - Desenvolvido por Manduvi Marketing